memória nunca usada

Chovem chuvas de saudades das palavras mudas,

arrastam nuvens que ofuscam a memória

nunca usada para a lembrança do murmúrio do

teu acordar.

Leave a Reply